"Music is an agreeable harmony for honor of God and the permissible delights of the soul"



quarta-feira, 30 de junho de 2010

Tango Bach

Com um reportório denominado "Barok Tango" o músico argentino Gerardo Jerez le Cam propõe um encontro multicultural entre o Tango argentino e a música Barroca. Neste video, o diálogo do tango é com excertos do "Cravo bem temperado" de J.S. Bach.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Bach after Marcello

A conceituada pianista concertista francesa Isabelle Oehmichen honrada com diversos prémios internacionais, interpreta o  2º andamento (adagio) da transcrição para piano de Bach do Concerto para Oboé de Alexandro Marcello , BWV 974. Considero notável a sensibilidade de execução da pianista.   

sábado, 26 de junho de 2010

As mais conhecidas...

Excertos de algumas das  obras mais conhecidas de J.S.Bach: " Sheep Shall Safely Graze", "Air on a G String", "Sleepers Awake", "Brandenberg Concertos", "Toccata and Fugue"," Mass in B", e "Jesu Joy of Man's Desiring".

Bach, Segovia e Guitarra...

Poema de Sophia de Mello Breyner Andresen com musica e imagens de Andres Segovia interpretando Bach.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Ao ar livre ...

Notável interpretação da obra "Gigue and Double from Lute Suite N.2"  BWV 997 pelo guitarrista  colombiano Gonzalo Andrés Molano na Plaza Bolivar em Bogotá na Colombia.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Cello Suite

Preludio da Cello Suite nº1 em Sol Maior ,BWV 1007, interpretado pela violoncelista finlandesa Helen Lindén,gravado no Castelo de Béduer, em Lot, França. A viloncelista para além de faz parte do quarteto de cordas “Bellosio”, tem actuado como  solista ou fazendo parte de orquestras, pelo mundo inteiro.

domingo, 20 de junho de 2010

A primeira obra de Bach

A Cantata No. 71 'Gott ist mein König' (BWV 71) composta por Bach em 1708, foi a sua primeira obra a ser publicada; é uma das primeiras cantatas do compositor e única publicada enquanto viveu. O coro traduzido em inglês intitula-se "God is my King from long ago, who assists all that exist on the earth".
A interpretação é da "Telemann Chamber Orchestra" usando instrumentos da época, e foi realizada na St. Mary's Church, em Mühlhausen, na Baviera Alemã.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

The Best of Bach..

Notável interpretação de três andamentos de umas das mais belas composições de Bach, a Partita No. 1 em B-flat major,(Sarabande, Menuet I + II, Giga), BWV 825, pelo pianista polaco nascido em Varsóvia (1969) e considerado como um dos melhores músicos da sua geração, Piotr Anderszewski.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Jazz, improviso e Bach

O trio de Jacques Loussier e o cantor Bobby McFerrin interpretam em ritmo de jazz, improvisando durante um concerto ao vivo realizado na Market Square em Leipzig , no festival "Swinging Bach" (2000), a cantata nº 140 de Bach (BWV 645) mais conhecida por "Sleepers, awake".

Baden Powell toca Bach

Excelente arranjo pelo famoso guitarrista brasileiro Baden Powel da cantata "Jesus Alegria dos Homens" BWV 147, inspirado por ter ouvido a marcha "Rancho das Flores" de Vinicius de Morais, também baseada nesta conhecida obra de Bach. 

terça-feira, 15 de junho de 2010

Invenção de Invenções...

O grande violinista Nigel Kennedy e a violoncelista Juliet Welchman primeira violoncelo da Orquestra de Câmara Irlandesa, interpretam as  "Two-Part Inventions" , pequenas composições criadas por Bach para ser tocadas em teclado pela mão direita e esquerda, como exercícios de educação musical para os seus alunos. Nesta "invenção" (arranjo) para um duo de cordas,  violino e  violoncelo, o primeiro substitui a mão direita e o segundo a mão esquerda,  vozes mais graves. No video, Nigel para alem de referir que Bach também sabe compor de uma forma simples, ao escrever esta obra no pequeno  livro intitulado " Inventions and Sinfonias",  brinca com Juliet sobre o grau de dificudade destas composições.

domingo, 13 de junho de 2010

Siciliano

O pianista brasileiro Sérgio Monteiro vencedor de diversos prémios internacinais interpretando uma parte do Concerto para Piano No. 2 in E major, BWV 1053, conhecido por Siciliano.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Um dos mais famosos admiradores ...

Uma das personagens que se apaixonou por J.S. Bach foi Albert Schweitzer (1875-1965), um teólogo de reputação internacional, filósofo, escritor, antropólogo, explorador e médico. Schweitzer foi um grande humanista, tendo conquistado o Nobel da Paz de 1952, e aplicado o prémio na construção de um hospital leprosário no Lambaréné, na então África Francesa, actual Gabão, onde já havia erguido um hospital com o dinheiro dos seus concorridos concertos.
Para além de biógrafo de Bach, Schweitzer foi o seu maior intérprete de órgão na primeira metade do século XX. Um músico tão completo que em 1909 apresentou suas próprias teorias para a construção do instrumento num congresso internacional em Viena.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Brasil Guitar Duo

O dueto de jovens guitarristas brasileiros "Brasil Guitar Duo" criado em 1996 e constituído por João Luiz e Douglas Lora, interpreta o andamento "Gigue "da bela "Suite Francesa nº 3", BWV 817 de Bach. De realçar a qualidade da interpretação de ambos os músicos, perante uma obra de tão difícil execução.   

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Fantasia em G minor

Primeira parte da Fantasia e Fuga em Sol menor (BWV 542) de Bach, tocada pelo organista alemão Hans-Andre Stamm, nascido em 1958, Leverkusen, Alemanha e que começou a estudar e a tocar órgão e piano apenas com sete anos de idade. Muito interessante a legendagem do video com explicações sobre esta composição.

domingo, 6 de junho de 2010

Libera e Bach

Os elementos do coro  Libera são jovens com idades entre os 7 e os 16 anos, oriundos de diferentes escolas e locais de Londres, que se juntaram numa igreja no sul da cidade. Não gostam de ser chamados meninos do coro mas sim como elementos de um tipo alternativo de "boys band". No video interpretam a famosa aria de Bach conhecida como "Aria na 4ªcorda" (Air on the G string).  

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Bach em banda sonora

Algumas das obras mais famosas de J.S.Bach, a exemplo do que aconteceu também com outros grandes compositores de música clássica,  foram incluídas em centenas de bandas sonoras de filmes. Apenas três exemplos:

Brokebach Mountain: Aria on the G string


Hannibal's (Silencio dos Inocentes): Goldberg Variations



 The Island: Jesu of Man desiring 


quarta-feira, 2 de junho de 2010

Talento perdido na rua...

Um  acordeonista romeno tentando ganhar algum dinheiro, interpreta Bach nas ruas de Parma em Itália, perante alguma indiferença de quem passa...