"Music is an agreeable harmony for honor of God and the permissible delights of the soul"



sexta-feira, 23 de abril de 2010

10 Razões para ser fã J.S.Bach

Persistência e vontade de aprender 
J.S. Bach para além de ter sido órfão muito cedo não era um menino prodígio como por exemplo Mozart, pelo que foi sempre com muito esforço, dedicação e vontade de saber que construiu a sua carreira. Aproveitou todas as oportunidades de ouvir e aprender com outros mestres, mesmo com grande sacrifício.

Valor do trabalho
J.S.Bach deu sempre um grande valor ao seu trabalho, realizando-o sempre da melhor forma possível , mesmo nos momentos mais difíceis da sua carreira como músico e chefe de orquestra. Trabalhou sempre com estímulo, se a orquestra era melhor, ele explorava-a mais, se era mais modesta, escondia as suas deficiências através dos arranjos musicais. 

Chefe de familia amigo e educador
J.S.Bach foi um chefe de família feliz muito amigo da sua primeira e segunda mulher, e dos seus 20 filhos. Tanto cuidou da educação musical dos seus filhos, como compôs muito para este fim. Quatro dos seus filhos e muitos dos seus netos seguiram-no com carreiras brilhantes.

Competência como professor
J.S.Bach tinha uma enorme habilidade para o ensino e foi um dos principais professores de seu tempo. Sendo óbviamente as suas técnicas de ensino voltadas para a música, estudos sobre a sua prática docente revelaram ter sido um esboço de muitos sistemas dos actuais sistemas, procedimentos e técnicas pedagógicas. 

Autoconfiança e coerência de vida
J.S.Bach era profundamente religioso, tendo pensado sempre em fazer progredir a música Sacra, segundo ele para maior glória de Deus, mas enfrentou sempre grande oposição. Os problemas de saúde e a cegueira acabaram tornar amargos no final da sua vida, mas nunca perdendo a sua confiança em si mesmo. Dias antes de morrer, já cego completou um arranjo para órgão do hino Quando na Hora de Maior Provação, cujo título, no último instante, mudou para Diante de Teu Trono, ó Deus, mostrando uma extraordinária coerência entre a música que produziu e a vida que viveu.

Valor da sua obra
J.S.Bach tem uma obra universalmente reconhecida, sendo inclusivamente elogiada por muitos dos notáveis compositores de música clássica que lhe sucederam, como Beehoven, Wagner, Debussi, Brahms, etc. Chopin por exemplo recomendava a todos os pianistas o estudo aprofundado de Bach: "Esta é a mais elevada e a mais admirável das escolas», disse. «Ninguém criará, jamais, outra tão sublime."

Inovação e perfeccionismo das composições
Ouvir Bach é como observar a energia a passar entre engrenagens de uma máquina de modo complexo mas sincronizado. "A máquina transformada em Arte". A técnica utilizada nas composições de Bach é de uma perfeição matemática (note-se que em muitas das obras são usadas técnicas relacionadas com a matemática (geometria e numerologia) , diversas formas de cifras de números.

Transcendencia e harmonia da sua música
A profundidade da música de Bach , o equilíbrio das notas, sonoridades, intensidades e expressividade e comparável com a força do Universo. Bach foi chamado inclusivamente o " Deus da harmonia". Bach hoje em dia, é incontestável e transcendental no meio acadêmico da Musica.

Virtuosidade como músico
O órgão pelas suas potencialidades músicais é por muitos considerado "o rei dos instrumentos". Antes de se tornar compositor Bach, foi durante muitos anos organista , sendo por todos considerado um virtuoso do órgão, talvez o melhor organista de que se tinha notícia. Profundo conhecedor deste instrumento, Bach foi inclusivamente consultor para a construção de orgãos. 

 Profundidade das suas reflexões
Fiacaram célebres muitas frases de Bach centradas em reflexões com enorme profundidade e conteúdo como sejam por exemplo : "É fácil tocar um instrumento, apenas há que tocar na tecla certa, no momento certo, e ele tocará por ele próprio. " 

Sem comentários:

Enviar um comentário