"Music is an agreeable harmony for honor of God and the permissible delights of the soul"



quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Curiosidades ... Bach

Caminhada de 200 milhas a pé

Embora nunca tenha feito viagens fora da Alemanha, o compositor alemão chegou a cometer verdadeiras loucuras para poder ouvir a música de outros artistas. A sua fama já era grande quando, em Arnstadt, que resolveu pedir uma licença de quatro semanas do trabalho para ouvir o grande organista Dietrich Buxtehude; andou 200 milhas a pé até chegar ao seu destino, Lubeck. O problema é que demorou quatro meses para voltar. Essa "excentricidade" custou-lhe o seu emprego.

Anel de Reincken

Bach escreveu para órgão durante toda a sua vida, sendo como organista virtuose e improvisador genial que seus contemporâneos apreciaram sua arte. Consta que ao fim de um longo improviso sobre An Wasserflüssen Babylon, o velho Reincken - sabidamente um homem orgulhoso - passou-lhe o anel que usava no dedo, e disse em alemão: "Eu pensava que esta arte morreria comigo, mas vejo que ela sobreviverá no senhor". Improvisações que também curvaram duques, príncipes e reis.

Sem comentários:

Enviar um comentário